quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Baile

Hoje estou imensamente enervado
sentindo-me bastante chateado
constantemente roubado
enganado
e bastante enrrabado
já estou a ser malcriado.

Com um primeiro todo janota
bem falante sem nada dizer
nada diz o que se deve fazer
mas vaidoso é o que se nota
quem ganhou fui eu
e vocês
nada podem fazer.

Vai de certeza ser em baile
que os portugueses vão andar
dançando a seu belo prazer
mais tristes e tesos vão ficar.

Desculpem quem não concorda mas é difícil ficar indeferente a ver o que se tornou o nosso país em relação a pobreza ,desemprego,segurança ,ladrões em todas as camadas sociais e ainda por cima ser tratado, quase como se fossemos umas simples peças de xadrez que temos que agradecer aos magníficos governantes que tem governado este país tão bem que estamos todos na penúria(todos não ,pois ainda há aqueles que fazem safaris ,vão para a neve viajam e ainda nos gozam).

Estou hoje mesmo num dia mau,sem paciência e farto de ser enganado!

Que sejam felizes, mas não olhem para o lado,porque o futuro está à nossa frente!





14 comentários:

Mona Lisa disse...

Olá Zé


O poema está adequado à tela.
Gostei.

Concordo plenamente com o conteúdo do poema.

Bjs.

Paula Raposo disse...

Estou precisamente como tu. Tenho um caso para resolver no tribunal devido à má fé com que agem as pessoas, nomeadamente a Optimus.
Beijos.

Paula Raposo disse...

Até me esqueci de te dizer que gosto imenso do quadro com essas cores quentes e lindas!
Beijinhos.

Ana M. disse...

Olá Zé
concordo consigo, também me sinto uma peça de xadrez.

Savi disse...

Amigo Zé
Concordo plenamente em tudo que expressa em seu desabafo,eu diria mais julgam-se senhores da razão....mas culpados é quem lhes deu o voto.
O seu quadro é bem um baile mandado.
Bjs. Savi

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
hummm, hoje temos baile?lolol...
está o máximo,parabéns.
fica bem,jinhos***

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

OLá Zé
Adorei a tela, está linda
~e o poema, é mesmo assim, é tudo verdade.
Bjs
Ana

Just Me...S disse...

Sabes que gosto muito desta tela e nunca pensei que lhe associasses um poema destes mas ficou muito bem!!!

É verdade, tem dias que me sinto como tu e olha que ultimamente ando mesmo sem paciencia para gente que nos enrab... :)))

Beijoca doce

Carla disse...

Só não concordei que tivesse usado um quadro tão bonito para um momento de "estou tão lixado, que m......" fora isso está na hora de começarmos a dizer o que nos vai na alma senão eles entornam o resto. Um beijão

Graça Pereira disse...

Pois é música... é o que nos dão. Mas o teu "Baile" é maravilhoso para nos fazer esquecer a outra núsica com que nos tentam enganar..
Não te arrelies e mergulha nos teus pincéis para nossa delicia...
Um beijo e uma noite tranquila.
Graça

Laurita disse...

Olá Zé, realmente chegámos a uma altura que todos os adjectivos depreciativos não chegam para classificar certas coisas. Isto é de bradar aos céus. Quanto á pintura tons quentes e alegres claro. Cuidado com excessos que pode queimar( as entranhas claro) Beijócas.

RETIRO do ÉDEN disse...

Aplaudo de pé, amigo Al.

Quanta verdade, verdadinha faço das suas palavras as minhas.

A tela está espectacular! os talentos estão à flor da sua pele e servem para denotar o que está mal.
Na idade média eram as canções de escárnio e maldizer...aos anos que andamos nisto!.....nada melhora somente a subtileza a fazer cada vez mais sofisticadamente o que não se deve.
Forte abraço,
Mer

Lúcia Russo disse...

Zé, compreendo bem sua revolta. Infelizmente situações assim acontecem em muitos outros países.
Mas falando de coisas boas, a tela ficou com um ar abstrato muito interessante. Boa escolha de cores.
Um grande abraço e desejo uma semana melhor.

Lúcia

Savi disse...

Boa tarde amigo Zé
Obrigada pela visita....quanto aos negócios a coisa está preta, mas vai-se fazendo alguma coisa.
Beijinhos e desejo-lhe uma semana
super tranquila.
Savi