segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

TLP

Necessitamos de uma informação de um número de telefone,claro ligamos para as informações,correcto?
Mas quando nos atende uma estrangeira sem sequer falar correctamente o português e não nos entende, nem nós a ela,que dizer?
Será que não temos desemprego em Portugal,que é mentira os tais 600000?
Estaremos a ser enganados,e temos que contratar estrangeiros?
Dificil de entender,quem puder que me explique,pois eu sinceramente não consigo!

13 comentários:

Mona Lisa disse...

Olá Zé

Boa pergunta!

Muitas vezes me pergunto se não haverá quem prefira não trabalhar do que aceitar um emprego/trabalho que não corresponda às suas habilitações.
Tb não entendo!

Bjs.

Ana M. disse...

que situação,

há falta de emprego sim senhor mas também há muito boa gente que não quer trabalhar,
beijinho

RETIRO do ÉDEN disse...

Mas pagou a chamada...
E ficou mal servido...liberdade? onde?
Forte abraço,
Mer

Paula Raposo disse...

Também me pergunto!!
Beijos.

Just Me...S disse...

Que estupidez!!!!!Eu acho que me passava ao telefone e pedia para falar com alguém de nacionalidade portuguesa!!!

Beijoca doce

Graça Pereira disse...

Aí está uma pergunta a remeter para o Governo!! Se calhar andamos todos enganados e não sabíamos...
Milagre da Natal?
Um beijo e boa semana
Graça

Carla disse...

O meu comentário vai-se resumir a eh eh eh eh eh este é o pais que temos e pelos vistos veio para ficar porque melhoras não me parecem haver no horizonte, seremos nós sempre uns conformados??????? mas também não posso deixar de dizer que á por ai muita gente que não quer trabalhar, fazem o que podem e não podem por uma baixa e prolongar o fundo de desemprego porque o que aparece não se "adequa" ás suas "habilitações" somos todos muito finos. Em qualquer pais da europa um patrão é o primeiro a arregaçar as mangas e a mostrar como se faz aqui.................. O meu marido trabalhou 15 anos numa empresa portuguesa de média dimensão e nunca viu a cara do patrão, foi para uma empresa francesa de grande dimensão e no primeiro dia que chegou o patrão veio cumprimentá-lo pessoalmente...........isto diz muito, ou não????? Já me está a puxar a vontade de ficar aqui a dissertar, mas acho melhor ficar por aqui. Beijão

RETIRO do ÉDEN disse...

Ficámos muito felizes com sua visita e em saber que o pior já passou.
Isso é o que conta.
Deus vos continue a acompanhar em todo o processo de recuperação.

Fiquem com Jesus, Maria e José.
Abraço
Mer

artes_romao disse...

boa tarde,td bem?
pois é, concordo inteiramente contigo.
sempre disse e continuo com esta opinião muitos de nós não quer determinados empregados ou trabalhos como queiram chamar.
porque há muitas empresas que só encontramos estrangeiros, porque eles sim aceitam tudo....
e nós não nos sujeitamos ao quer que seja, temos vergonha.
é o mesmo que se passa no estrangeiro nós vamos para lá fazer as mesmas tarefas ou ainda 'piores' do que faríamos aqui.
mas não dizemos a realidade que se passa connosco.
é muito triste, mas é a realidade em que estamos.
fica bem,jinhos***

GRAÇA disse...

Olá Zé são as coisas no pais onde vivemos e que temos de aguentar....
Bjs
Graça

Multiolhares disse...

Não esta fácil de entender nem explicar tanta coisa, e assim vamos andando neste marasmo.
beijos

xana disse...

Olá meu amigo!
Estou em divida com todos vós, mas a vida tem sido muito madastra para mim e mal consiga, voltarei com força.
No entanto, hoje passei para dizer que nunca me esqueço de vós e desejo-lhe um Feliz Natal junto dos que mais ama.

Jinhos grandes

Xana

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

Olá Zé
Tudo bem Amigo?
Existem empregos, as pessoas é que não querem trabalhar.
Beijocas
Ana