quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Campo

De cidades cheia de gentes
vai o povo mudando para o campo
cada vez mui mais contentes
fugindo do perigo com espanto.

Perigo cada vez mais constante
se verifica nas grandes cidades
e buscando a paz no campo
se foge do perigo e vaidades.

Tela e poema referente aos perigos que presentemente se vive nas grandes cidades,embora infelizmente se alastre por todo o nosso país!

12 comentários:

Graça Pereira disse...

Não me importaava de viver neste cantinho que tão bem retrataste, com o pincel e com as palavras.
O quadro, está bucólico e lindo.Felizmente que ainda vai havendo paraísos destes, espalhados pelo nosso país. parabens! Um bj Graça

Mona Lisa disse...

Olá Zé

Estou a adorar esta faceta oculta "poeta".

Acho que já conhecia a tela, agora enriquecida!

Bjs.

Lisa

Pintinhas disse...

Muito lindo , gostei muito.

Paula Raposo disse...

Quando se tem sensibilidade...assim nasce um Poeta! Vou enviar-te uma foto por email para a reproduzires pintando. Coisa que não sei fazer. Mas hei-de chegar lá...beijinhos.

Mal-Me-Quer Bem-Me-Quer disse...

OLá Zé
Tudo bem?
Estou a gostar, pois agora além de pintor é poema, que maravilha
Um grande beijinho e bom fim de semana
Ana

artes_romao disse...

boa noite,td bem?
continuas num caminho muito interessante...hehe
parabéns.
bom fdsemana, fica bem.
jinhos***

mfc disse...

Parece um quadro à Gauguin...~

Lúcia Russo disse...

Olá Zé, você foi muito feliz na escolha das cores para esta tela. Combinaram muito bem.
Abraços e um bom domingo,

Lùcia

RETIRO do ÉDEN disse...

Linda tela.
Palavras muito verdadeiras e bem colocadas.
Regressei hoje da província...um espirro nocturno parece que se ouve em toda a aldeia...gostei e soube bem aquele silêncio, paz, calma, e o tempo até nem voava!

Parabéns por esta partilha.

Obga. pela honra de sua visita e comentário.

Forte abraço
Mer

Multiolhares disse...

e como faz bem sentir o cheiro do campo, e ver esses moinhos que cada vez existem menos
beijos

Arte e Sonho disse...

Olá Zé, que lugar mais tranquilo...muito bonito...um beijinho!

Lúcia Russo disse...

Zé vim agradecer sua visita e o comentário tão gentil. Gosto da tela e dei a uma pessoa que me ajudou muito, talvez pela criança que é segura pela mão.
Abraços,
Lúcia